sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Assembleia participa de caravana da CNBB em visita às obras da transposição




























A Assembleia Legislativa da Paraíba, através da Frente Parlamentar da Água, participará da Caravana Socioambiental dos Bispos do Regional Nordeste II, que visitará obras da integração das bacias do Rio São Francisco nos estados da Paraíba, Ceará e Pernambuco. A caravana acontecerá de 29 de fevereiro a 3 de março.
De acordo com o deputado Jeová Campos, presidente da Frente Parlamentar da Água, que anunciou participação na caravana durante a sessão ordinária desta quinta-feira (25), destacou que as visitas começarão a partir da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Rio Grande do Norte, a partir das 7h30. Segue dia 1º de março pelo Rio Piancó até as obras no município paraibano de São José de Piranhas, passam por lotes da obra da transposição no Ceará e terminam na quinta-feira (3) em Cabrobró, Pernambuco.
Jeová Campos justifica os objetivos da caravana dos bispos. “Vai se observar os problemas que acontecem com o rio, como esgotos, matas ciliares, e acredito que daí surgirá uma agenda nova”, pontuou. A iniciativa da CNBB tem o objetivo de refletir e pensar ações estratégicas para o uso e gestão compartilhada da água e de toda agrobiodiversidade ao longo dos canais e obras da integração do velho Chico com o Nordeste Setentrional.
O deputado ressaltou que de fato precisa ser construído o canal que vai ligar a barragem Caiçara em Cajazeiras ao açude Engenheiro Ávidos e o rio necessita ser recuperado. A caravana tem a participação de representantes do Ministério da Integração, do INCRA e IFPB.
ALPB em Cajazeiras – A partir das 10 horas desta sexta-feira (26), a Assembleia Legislativa participará de uma audiência pública sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cajazeiras. O deputado Jeová Campos representará o Poder Legislativo paraibano, na condição de presidente da Comissão Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente. O evento é uma parceria da ALPB com o IBAMA, a Funatec do IFPB e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cajazeiras.

0 comentários:

Postar um comentário